60 unidades participaram da ação promovida pelo Projeto Paciente Seguro

 

Durante todo o mês de setembro, o Hospital Mestre Vitalino participou da Maratona Todos Seguros. A ação foi composta por diversas atividades como quiz, webinar, atividades educativas e cursos EAD. Ao todo, 241 colaboradores realizaram os seis cursos propostos pelo Projeto, o que garantiu a unidade o 2º lugar de destaque na categoria “Conhecimento”, ficando atrás apenas do Hospital Getúlio Vargas (Teresina/PI) que contabilizou 281 colaboradores.

No Ranking Geral, o HMV também alcançou o 2º lugar com 31.190 pontos, sendo o Hospital e Pronto Socorro Dr. João Lúcio Pereira Machado (Manaus-AM) o 1º lugar com 32.070 pontos nas atividades. 60 unidades, de todo o Brasil, participaram da Maratona que teve como objetivo comemorar o Dia Mundial da Segurança do Paciente, celebrado em 17 de setembro, e reforçar as seis metas de Internacionais de Segurança do Paciente definidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e preconizadas pela Joint Commission International (JCI).

No final de 2018 a unidade de submeteu a seleção para o Programa Paciente Seguro e foi escolhida, sendo um dos quatro hospitais de Pernambuco que integram o programa, que é desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento em parceria com Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI - SUS). Seu objetivo é melhorar a segurança do paciente em hospitais públicos localizados em 15 estados do Brasil, com base no Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP).

Campanha será realizada nos dias 23, 24 e 25 em vários setores da unidade

 

No dia 27 de setembro é celebrado o Dia Nacional da Doação de Órgãos, a data tem como objetivo reforçar a conscientização sobre a importância da doação. Neste ano, durante os dias 23, 24 e 25 a equipe da Organização de Procura de Órgãos (OPO) irá realizar uma ação com os profissionais de saúde da unidade para tirar dúvidas sobre o processo de doação e fortalecer a conscientização sobre a importância de doar órgãos e tecidos.

“Nós estamos vivenciando o Setembro Verde, mês da conscientização da importância da doação de órgãos. O intuito dessa ação será esclarecer todas as dúvidas dos profissionais de saúde aqui do HMV sobre o processo de doação, explicando detalhadamente e esclarecendo também como cada pessoa pode expressar o seu desejo em ser doador e avisar as suas famílias”, explicou Janine Duarte, enfermeira diarista da OPO. 

A ação tem como tema “Profissional de saúde, seja um colaborador na doação de órgãos”. De janeiro a agosto de 2020 foram realizadas seis doações múltiplas de órgãos, totalizando a captação de doze rins e quatro fígados, deixando o HMV no 3o lugar em doação de órgãos no Estado. Além disso, de janeiro a março (suspensão durante a pandemia) a unidade realizou a captação de 15 córneas, sendo neste período o 5º hospital com mais doações de córneas em Pernambuco.

Atualmente para ser um doador de órgãos basta que cada pessoa comunique a família este desejo, além de conversar sobre o tema em seu meio social. Essa conduta possibilita que em um momento tão delicado, como é o da morte de um ente querido, a família possa seguir com o processo de doação.  

 

Núcleo de Segurança do Paciente programou atividades para todo o mês de Setembro

No dia 17 de setembro, é celebrado o Dia Mundial da Segurança do Paciente. A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar para a importância da assistência segura. Para comemorar, o Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital Mestre Vitalino (HMV) tem realizado uma série de ações durante este mês de setembro.

Desde o dia 08, os profissionais de saúde do HMV estão recebendo orientações sobre a importância da higienização correta das mãos, além da doação de garrafinhas de álcool em gel. No dia 17 foi a vez do Drive Thru da Segurança do Paciente, ação que mobilizou os colaboradores de todos os turnos para a atenção redobrada as metas de segurança do paciente. Ao longo do mês ainda serão realizadas ações educativas com o “Tik Tok de Higienização das Mãos” e o Cassino de Segurança do Paciente, com jogos didáticos sobre a temática.

De forma integrada, a equipe de nutrição do HMV preparou frases relacionadas a temática para anexar as refeições dos pacientes e colaboradores. “A equipe de nutrição atua durante todo o ano na segurança do paciente por meio da identificação das marmitas com o setor, nome, idade, nome da mãe e tipo de dieta, para garantir a entrega da refeição correta. No dia 17 destacamos frases referentes a temática nas marmitas para recordar o papel de cada um nas práticas de segurança”, destacou Annelise Silva, coordenadora de nutrição do HMV.

Durante a dispensação de medicamentos para os setores do HMV, a equipe de farmácia preparou adesivos com lembretes de cuidados alertando para uma maior segurança na prescrição, dispensação e preparação das medicações. “O setor de farmácia está incluído no processo de segurança do paciente desde o armazenamento, com atenção a validade e temperatura, como também na identificação correta do medicamento. Orientamos também os demais profissionais sobre a ação dos medicamentos, vias de administração, dosagem e interação medicamentosa”, explicou Marcelo Jardson, coordenador da Farmácia.

Os pacientes das clínicas e oncologia também passaram por um momento de descontração e informação sobre o tema. Desde 2015 o HMV implantou o Núcleo de Segurança do Paciente, e tem se destacado no interior por sua preocupação com as boas práticas das seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente, estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e preconizadas pela Joint Commission International (JCI).

PROGRAMA PACIENTE SEGURO

No final de 2018 a unidade de submeteu a seleção para o Programa Paciente Seguro e foi escolhida, sendo um dos quatro hospitais de Pernambuco que integram o programa, que é desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento em parceria com Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI - SUS). Seu objetivo é melhorar a segurança do paciente em hospitais públicos localizados em 15 estados do Brasil, com base no Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP).

 

 

 

O edital é destinado ao cadastro de reserva de profissionais para seis funções

 

O Hospital Mestre Vitalino está com edital aberto para formação de cadastro de reserva e possível contratação de pessoas com deficiência (PCD). Os interessados devem enviar currículo pelo e-mail (Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo.), para as funções de auxiliar administrativo, auxiliar de farmácia, auxiliar de cozinha, camareiro, maqueiro e porteiro.

No assunto deve constar o nome completo do candidato e a função pleiteada, além do anexo com laudo médico validado, atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência de que é acometido, com expressa referência ao Código correspondente da Classificação Internacional de Doença - CID, bem como a provável causa da deficiência. O edital com todas as informações sobre o processo está disponível no site institucional (Edital 2020 - 21).

O processo seletivo é composto pelas etapas de análise curricular, prova escrita e entrevista, todas de natureza classificatória e eliminatória. O resultado final é divulgado no site (www.hospitalmestrevitalino.com.br). Os candidatos aprovados serão convocados quando tiver vaga disponível, de acordo com a necessidade da unidade. A contratação será sob o regime da CLT. A seleção tem validade de (06) meses podendo ser prorrogada por igual período.

 

 

 

A votação foi realizada no curso de especialização em Segurança do Paciente

 

Quatro colaboradoras do Hospital Mestre Vitalino (HMV) participam do curso de especialização em Segurança do Paciente promovido pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Há poucos dias a equipe composta por Dalma Maciel, Jordanna Batista, Fernanda Gervásio e Renilde Melo recebeu o reconhecimento de aluno/equipe destaque no curso, em votação realizada pelos alunos.

“Fico feliz por ter a oportunidade de participar deste curso de especialização em Segurança do Paciente através do HMV. Diante de tantas instituições e profissionais excelentes, nós recebemos esse reconhecimento. Isso só nos mostra que estamos no caminho certo. O tema Segurança do Paciente já é bastante fortalecido na nossa instituição e através desta especialização estamos buscando soluções para melhorar a assistência, tornando-a mais segura”, destacou a farmacêutica, Fernanda Gervásio. 

A Segurança do Paciente é um tema que tem adquirido grande importância e tem como finalidade garantir um ambiente mais seguro para pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde. É um tema tão importante que a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma data (17 de setembro) para enfatizar essa temática e destacar as seis metas que abordam aspectos problemáticos na assistência a saúde, apresentando soluções baseadas em evidências para esses problemas.

 

Localização

© 2017-2020 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados