Ao todo a unidade dispõe de 16 leitos de UTI e 20 de enfermaria

 

O Hospital de Campanha localizado em Caruaru, Agreste de Pernambuco, abriu hoje mais seis leitos de UTI Covid-19. A unidade está em funcionamento desde o dia (08) e até o momento já atendeu 17 pacientes com casos confirmados de infecção pelo novo coronavírus. No último boletim divulgado nesta segunda (22), há 7 (sete) pacientes internados na enfermaria e 5 (cinco) na Unidade de Terapia Intensiva (UTI). 

O interior de Pernambuco ainda vive um momento de crescimento dos números de infectados, e os novos leitos chegam para auxiliar os pacientes que necessitam de suporte ventilatório durante o tratamento. "Nós estamos vivemos ainda um momento delicado aqui na região, e continuamos acompanhando o crescimento desta pandemia em Caruaru e nas demais cidades. Por isso é tão importante a abertura destes novos leitos hoje", explicou Dr. Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV.

Agora o Hospital de Campanha conta com 16 leitos de UTI e 20 leitos de enfermaria para atender a população das 4a e 5a regiões de saúde que compreende 53 cidades e uma população de aproximadamente 1,9 milhão de habitantes.

 

Ao todo a unidade irá dispor de 102 leitos que serão entregues de forma gradativa

 

Nesta sexta-feira (12), o Hospital de Campanha, instalado no pátio do Hospital Mestre Vitalino (HMV), no Agreste de Pernambuco, passa a disponibilizar 20 (vinte) leitos de enfermaria para atender pacientes com Covid-19. Na última segunda (08), 10 leitos de UTI foram entregues e estão em funcionamento nas dependências do HMV. Desta forma, até o momento a unidade dispõe de 30 leitos, sendo 10 de UTI e 20 de enfermaria.

O Hospital de Campanha já registrou cinco pacientes positivos para o novo coronavírus. Eles estão internados nos leitos de UTI e são das cidades de Sanharó (51 anos), Arcoverde (75 anos), Toritama (80 anos), Caruaru (72 anos) e Agrestina (59 anos). “A partir de hoje o Campanha de Caruaru passa a contar com 20 leitos de enfermaria, essa entrega de leitos é um passo muito importante para a nossa região que ainda apresenta um crescimento no número de casos da doença”, explica o diretor do HMV, Dr. Marcelo Cavalcanti.

 

É com grande pesar que o Hospital Mestre Vitalino (HMV) comunica o falecimento da técnica de enfermagem Delvair Ana da Silva, colaboradora da unidade. Ela estava internada no Hospital e veio a óbito ontem (02), vítima da Covid-19. O HMV presta solidariedade aos familiares e amigos, e sente pela perda desta importante profissional que doou a sua vida em benefício de tantas pessoas.

Unidade inaugurou 10 leitos de UTI do Hospital de Campanha

 

O Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, Agreste de Pernambuco, é referência para o atendimento de pacientes acometidos pela Covid-19, nas 4ª e 5ª regionais de saúde, e contará nos próximos dias com a estrutura de um hospital de campanha para ampliar a capacidade de atendimento.

Diante da necessidade, a partir desta segunda (08), a unidade passa a contar com 10 novos leitos de Unidade de Terapia Intensiva - UTI. A ação antecipa o funcionamento de leitos do Hospital de Campanha. No momento, o novo hospital já está estruturalmente concluído e aguarda a chegada de equipamentos e insumos para abertura dos demais leitos, que se dará de forma gradativa, conforme a necessidade da região.

Para agilizar a abertura de leitos, o HMV montou a nova ala dentro das suas dependências. Somando agora 50 leitos de UTI Covid-19, sendo 40 leitos próprios e 10 do Hospital de Campanha. A previsão é que na próxima semana mais 10 leitos de UTI entrem em funcionamento. Ao todo, o Hospital de Campanha contará com 102 leitos, sendo 20 deles com suporte ventilatório.

"Com a autorização do Governo do Estado, decidimos abrir hoje 10 novos leitos que já são da unidade do Hospital de Campanha. A ação visa oferecer uma assistência ágil aos pacientes que estão precisando de UTI aqui no interior. Para evitar ociosidade, os demais leitos serão abertos ao longo das semanas de acordo com a demanda", esclareceu Dr. Marco Túlio, diretor médico do HMV.

Pacientes com Covid-19 poderão se comunicar com os familiares por meio de tablets

 

Com a situação de pandemia, as unidades de saúde precisaram adotar como medida preventiva a suspensão de visitas familiares. No Hospital Mestre Vitalino (HMV), no Agreste de Pernambuco, as visitas estão suspensas desde o dia 04 de maio. Pensando na importância dos vínculos familiares para o processo de recuperação dos pacientes que estão em isolamento, o Governo de Pernambuco desenvolveu o Projeto VISITA.COM, que visa proporcionar atendimento humanizado, acolhimento e comunicação aos pacientes, promovendo uma interação por videochamada. 

Ontem (21) foi o primeiro dia que esse projeto começou a ser executado no HMV, que recebeu 05 dispositivos para estabelecer esse contato entre os pacientes e suas famílias. As visitas serão realizadas em dias alternados, de segunda a sexta. A proposta do projeto é que este contato seja facilitado por um profissional de saúde, para que o paciente não tenha contato com o dispositivo. Para garantir a segurança e prevenir a contaminação, todos os aparelhos passam por um criterioso protocolo de higienização. 

“As unidades referenciadas para o tratamento de pacientes acometidos pela Covid-19 estão recebendo este importante projeto do Governo do Estado. O isolamento é um processo difícil que debilita emocionalmente os pacientes, essa medida vem possibilitar uma interação, ainda que virtual, com a família. O que ameniza a saudade e auxilia a sanar a necessidade que existe de um ver ao outro”, explicou o Dr. Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV. 

As visitas virtuais serão realizadas para todos os pacientes internados acometidos pela Covid-19. No caso de pacientes sem capacidade verbal, o contato será feito via chamada de voz, para que os familiares posso expressar algo para o paciente. Informações sobre o boletim de saúde continuarão sendo repassadas de segunda a sexta, por meio do call-center do HMV, diariamente para pacientes da UTI, e em dias alternados para pacientes da enfermaria.

 

 

Localização

© 2017-2020 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados