Núcleo de Segurança do Paciente programou atividades para todo o mês de Setembro

No dia 17 de setembro, é celebrado o Dia Mundial da Segurança do Paciente. A data foi criada pela Organização Mundial da Saúde (OMS) para alertar para a importância da assistência segura. Para comemorar, o Núcleo de Segurança do Paciente do Hospital Mestre Vitalino (HMV) tem realizado uma série de ações durante este mês de setembro.

Desde o dia 08, os profissionais de saúde do HMV estão recebendo orientações sobre a importância da higienização correta das mãos, além da doação de garrafinhas de álcool em gel. No dia 17 foi a vez do Drive Thru da Segurança do Paciente, ação que mobilizou os colaboradores de todos os turnos para a atenção redobrada as metas de segurança do paciente. Ao longo do mês ainda serão realizadas ações educativas com o “Tik Tok de Higienização das Mãos” e o Cassino de Segurança do Paciente, com jogos didáticos sobre a temática.

De forma integrada, a equipe de nutrição do HMV preparou frases relacionadas a temática para anexar as refeições dos pacientes e colaboradores. “A equipe de nutrição atua durante todo o ano na segurança do paciente por meio da identificação das marmitas com o setor, nome, idade, nome da mãe e tipo de dieta, para garantir a entrega da refeição correta. No dia 17 destacamos frases referentes a temática nas marmitas para recordar o papel de cada um nas práticas de segurança”, destacou Annelise Silva, coordenadora de nutrição do HMV.

Durante a dispensação de medicamentos para os setores do HMV, a equipe de farmácia preparou adesivos com lembretes de cuidados alertando para uma maior segurança na prescrição, dispensação e preparação das medicações. “O setor de farmácia está incluído no processo de segurança do paciente desde o armazenamento, com atenção a validade e temperatura, como também na identificação correta do medicamento. Orientamos também os demais profissionais sobre a ação dos medicamentos, vias de administração, dosagem e interação medicamentosa”, explicou Marcelo Jardson, coordenador da Farmácia.

Os pacientes das clínicas e oncologia também passaram por um momento de descontração e informação sobre o tema. Desde 2015 o HMV implantou o Núcleo de Segurança do Paciente, e tem se destacado no interior por sua preocupação com as boas práticas das seis Metas Internacionais de Segurança do Paciente, estabelecidas pela Organização Mundial da Saúde (OMS) e preconizadas pela Joint Commission International (JCI).

PROGRAMA PACIENTE SEGURO

No final de 2018 a unidade de submeteu a seleção para o Programa Paciente Seguro e foi escolhida, sendo um dos quatro hospitais de Pernambuco que integram o programa, que é desenvolvido pelo Hospital Moinhos de Vento em parceria com Ministério da Saúde, por meio do Programa de Apoio ao Desenvolvimento Institucional do Sistema Único de Saúde (PROADI - SUS). Seu objetivo é melhorar a segurança do paciente em hospitais públicos localizados em 15 estados do Brasil, com base no Programa Nacional de Segurança do Paciente (PNSP).

 

 

 

A votação foi realizada no curso de especialização em Segurança do Paciente

 

Quatro colaboradoras do Hospital Mestre Vitalino (HMV) participam do curso de especialização em Segurança do Paciente promovido pela Fundação Oswaldo Cruz (FIOCRUZ). Há poucos dias a equipe composta por Dalma Maciel, Jordanna Batista, Fernanda Gervásio e Renilde Melo recebeu o reconhecimento de aluno/equipe destaque no curso, em votação realizada pelos alunos.

“Fico feliz por ter a oportunidade de participar deste curso de especialização em Segurança do Paciente através do HMV. Diante de tantas instituições e profissionais excelentes, nós recebemos esse reconhecimento. Isso só nos mostra que estamos no caminho certo. O tema Segurança do Paciente já é bastante fortalecido na nossa instituição e através desta especialização estamos buscando soluções para melhorar a assistência, tornando-a mais segura”, destacou a farmacêutica, Fernanda Gervásio. 

A Segurança do Paciente é um tema que tem adquirido grande importância e tem como finalidade garantir um ambiente mais seguro para pacientes, acompanhantes e profissionais de saúde. É um tema tão importante que a Organização Mundial de Saúde (OMS) criou uma data (17 de setembro) para enfatizar essa temática e destacar as seis metas que abordam aspectos problemáticos na assistência a saúde, apresentando soluções baseadas em evidências para esses problemas.

 

Com grande alegria, a direção do Hospital Mestre VItalino (HMV) recebeu a informação que o deputado estadual Tony Gel (MDB) apresentou requerimento na Assembleia Legislativa de Pernambuco – ALEPE solicitando que seja aprovado um Voto de Aplauso à unidade. Toda a equipe de gestão, agradece a iniciativa e reconhecimento do deputado. O enfrentamento da pandemia do novo coronavírus é um desafio que se apresentou em 2020 e que com muita bravura o HMV vem enfrentando, um trabalho feito com a ajuda de cada colaborador da unidade.

Tony Gel lembrou que o Hospital Mestre Vitalino é referência no atendimento de pacientes com a Covid-19 no Agreste e que tanto a direção quanto as equipes médica, técnica e operacional da instituição, não tem medido esforços para garantir atendimento de qualidade a todos os pacientes que estão em tratamento. E destacou ainda a implementação do call center e do projeto Visita.com, que por meio de contatos telefônicos e o uso de recursos digitais, diminui a distância entre os pacientes internados e os familiares.

“Agradecemos ao deputado Tony Gel pelo requerimento, e, sobretudo, pelo reconhecimento ao trabalho realizado pela nossa equipe. Este não é um mérito apenas meu e da gestão, mas de todos que hoje compõem o quadro funcional do HMV. Cada colaborador tem lutado de forma árdua para vencer este grande inimigo invisível. E temos a certeza de que essa fase vai passar e que sairemos fortalecidos”, destacou Dr. Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV.

O Hospital Mestre Vitalino (HMV) realizou uma pesquisa para mostrar a visão geral sobre os vários aspectos das ligações do Visita.com, projeto realizado desde 19 de junho de 2020 junto aos familiares dos pacientes internos na unidade. Até o momento aproximadamente 5.402 pacientes já foram contemplados com as ligações. A pesquisa foi realizada de 25 de agosto a 03 de setembro, com uma amostra de 117 familiares participantes. 

59% dos familiares avaliaram o atendimento prestado pelo projeto como MUITO BOM, e 40% avaliaram como BOM, apenas 1% registrou o atendimento como RUIM. Para 91% dos familiares pesquisados as informações sobre o projeto foram repassadas de forma correta e clara e 97% dos familiares conseguiram conversar com o paciente por meio do projeto.

Para 49% dos familiares o tempo de duração das ligações (máximo de 3 minutos) é considerado satisfatório, 42% considera razoável e 9% não considera satisfatório. 66% conseguiram ouvir bem o familiar durante as ligações, 16% não conseguiram ouvir bem, 7% conseguiram ouvir bem as vezes e 11% o paciente não podia falar devido ao quadro de saúde. Quando questionados sobre o grau de satisfação com o Projeto Visita.com, 71% dos familiares se dizem muito satisfeitos. 97% ainda registraram que o projeto interfere de forma positiva na recuperação do paciente.

O Projeto Visita.com visa proporcionar atendimento humanizado, acolhimento e comunicação aos pacientes, promovendo uma interação por videochamada. A proposta do projeto é que este contato seja facilitado por um profissional de saúde, para que o paciente não tenha contato com o dispositivo. As visitas virtuais são realizadas para todos os pacientes internados na unidade. No caso de pacientes sem capacidade verbal, o contato é feito via chamada de voz, para que os familiares possam expressar algo para o paciente.

 

 

 

Acidentes costumam acontecer com mais frequência no inverno

 

Neste período de inverno a incidência de acidentes com animais peçonhentos é bem maior, uma vez que os ambientes e objetos escuros e úmidos favorecem a permanência dos animais. Atualmente, o Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, é referência para os atendimentos destes casos.

De janeiro a julho deste ano a unidade realizou 175 atendimentos, uma média de 25 pessoas por mês. Embora seja um hospital totalmente regulado (pacientes encaminhados via Central de Regulação), para estes atendimentos a unidade é “porta aberta”. 

“Mesmo nesse período de pandemia, o HMV segue atendendo os pacientes que forem vitimados por estes animais. As recomendações é que em casos mais graves a pessoa venha diretamente a unidade, fazendo uso de máscara. Nos casos mais simples, o paciente pode procurar uma unidade de saúde próxima a sua casa. Dispomos de exames e soroterapia para todos os casos necessários”, explicou o Dr. Adalberto de Lima, coordenador da emergência.

Para facilitar o tratamento, se possível o animal deve ser levado até a unidade para identificação da espécie. O Hospital Mestre Vitalino fica localizado na via local da BR-104, 175, sentido Toritama.

 

Localização

Localização

© 2017-2021 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados