As vagas são para ass. administrativo, aux. serviços

gerais, flebotomista e técnico em manutenção

 

O Hospital Mestre Vitalino abriu hoje mais um edital (03/2019) de seleção para contratação de profissionais para os cargos de assistente administrativo, auxiliar de serviços gerais, flebotomista e técnico em manutenção. Os interessados em participar do processo devem encaminhar currículo para o email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até 10/02/2019.  No assunto do e-mail devem constar o nome completo do candidato e a função pleiteada. Esta etapa aferirá a experiência profissional de cada candidato após a sua respectiva formação e titulação correlata à função.

 

Após avaliação curricular, os candidatos aprovados passarão pelas etapas da prova escrita, entrevista e aplicação de testes psicológicos, todas as partes do processo são de natureza classificatória e eliminatória. O resultado final será divulgado ou por contato telefônico e/ou pelo site institucional e/ou por e-mail. A convocação dos candidatos para contratação será realizada de acordo com a necessidade do serviço, observando-se a ordem de classificação. Os convocados serão contratados sob o regime da CLT.

 

ANEXO I - RELAÇÃO DE CARGOS E QUANTITATIVO PREVISTO

 

PROFISSIONAIS

VAGAS EXISTENTES

CADASTRO RESERVA

Auxiliar de Serviços Gerais

01

-

Assistente Administrativo

-

x

Flebotomista

01

-

Téc. em Manutenção

-

x

 

 

 

 

 

Edital disponível na aba do site. 

O evento foi idealizado pela Comissão de Ética empossada em novembro de 2018

 

Com o objetivo de promover uma discussão sobre os direitos e deveres dos profissionais da área, a Comissão de Ética de Enfermagem do Hospital Mestre Vitalino realizou na tarde de ontem (29) uma palestra que contou com a presença das enfermeiras Rosa Régia Medeiros e Rutheale Bezerra. Na oportunidade foram discutidos pontos importantes do Código de Ética dos Profissionais de Enfermagem – CEPE.

 

O Código tem como princípios fundamentais a atuação do profissional de Enfermagem com autonomia e em consonância com os preceitos éticos e legais, técnico-científico e teórico-filosófico; prevendo que ele exerça suas atividades com competência para promoção do ser humano na sua integralidade, de acordo com os Princípios da Ética e da Bioética, e participe como integrante da equipe de Enfermagem e de saúde na defesa das Políticas Públicas, com ênfase nas políticas de saúde que garantam a universalidade de acesso, integralidade da assistência, resolutividade, preservação da autonomia das pessoas, participação da comunidade, hierarquização e descentralização político-administrativa dos serviços de saúde.

 

O capítulo I traz os direitos, e o II os deveres dos profissionais, além disso ainda aborda as proibições; infrações e penalidades; e a aplicação das penalidades. Dentro desse contexto, a formação contemplou também a importância da equipe que compõe a Comissão de Ética de Enfermagem que é um órgão representativo que tem como objetivo executar funções educativas e orientativas, assessorar, emitir pareceres e compilações de fatos relacionados ao exercício profissional e ético dos profissionais de Enfermagem.  

 

COMISSÃO DE ÉTICA DE ENFERMAGEM DO HMV

 

Os novos membros da Comissão de Ética de Enfermagem do Hospital Mestre Vitalino (HMV) foram empossados em 28 de novembro de 2018. A solenidade aconteceu na sede da unidade e contou com a presença de Lucimauro Dantas e Morgana Leal, representantes do Conselho Regional de Enfermagem de Pernambuco - Coren/PE.

No HMV ela é composta por três membros: as enfermeiras Amanda Aguiar (presidente) e Priscila Lira; e o técnico de enfermagem, Ítalo Rocemberg. Os membros empossados foram escolhidos por votação realizada no mês de julho e terão mandato de três anos.

 

 

No momento estão sendo ofertadas nove vagas

 

O Hospital Mestre Vitalino inicia 2019 com a abertura de um edital para seleção de novos colaboradores. O processo selecionará candidatos para os cargos de Enfermeiro(a), Tec. Enfermagem, Copeira, Auxiliar de cozinha, Nutricionista, Maqueiro, Porteiro e Auxiliar de Farmácia. Os interessados em participar devem encaminhar currículo para o email: Este endereço de email está sendo protegido de spambots. Você precisa do JavaScript ativado para vê-lo. até o dia 31 de janeiro de 2019. No assunto deve constar o nome completo do candidato e a função pleiteada.

Após a análise curricular que é de natureza classificatória e eliminatória, os candidatos aprovados passarão por prova escrita, entrevista e aplicação de testes psicológicos. A seleção acontecerá entre os meses de janeiro e fevereiro na sede do HMV. O processo dispõe de vagas para pessoas com deficiência, nesse caso o candidato deve apresentar Laudo Médico validado, atestando a espécie e o grau ou nível da deficiência de que é acometido, com expressa referência ao código correspondente da Classificação Internacional de Doença – CID, bem como a provável causa da deficiência, além dos demais requisitos expressos no edital disponível em: www.hospitalmestrevitalino.com.br

O HMV fica localizado na avenida Amazonas, 175, Universitário, de fronte a BR – 104 (sentido Toritama).

 

Edital

 

 

RELAÇÃO DE CARGOS E QUANTITATIVO PREVISTO

PROFISSIONAIS

VAGAS EXISTENTES

CADASTRO RESERVA

Enfermeiro

-

x

Tec. Enfermagem

-

x

Aux. Cozinha

1

-

Copeira

2

-

Nutricionista

1

-

Maqueiro

1

-

Porteiro

2

-

Aux. Farmácia

2

-

 

 

Unidade alcançou classificação de Alta Conformidade

 

O Hospital Mestre Vitalino (HMV) alcançou a classificação de Conformidade Alta na autoavaliação das Práticas de Segurança do Paciente em Serviços de Saúde, procedimento que é realizado em todos os hospitais que possuem leitos de UTI e Centro Cirúrgico.O processo de avaliação e monitoramento, pelo Sistema Nacional de Vigilância Sanitária (SNVS), das Práticas de Segurança ocorre desde o ano 2016, e está previsto no Plano Integrado para a Gestão Sanitária da Segurança do Paciente em Serviços de Saúde - Monitoramento e Investigação de Eventos Adversos e Avaliação de Práticas de Segurança do Paciente, disponibilizado pela Anvisa em 2015.

 

“Esse reconhecimento é fruto de um esforço diário e contínuo de todas as equipes envolvidas na assistência dos pacientes, e, sobretudo, do trabalho eficaz da nossa equipe de Qualidade que preconiza a educação e fiscalização dessas práticas”, ressaltou Renilde Melo, gerente geral de enfermagem do HMV.

 

O instrumento permite que o serviço de saúde proceda à Autoavaliação das Práticas de Segurança do Paciente, que deve ser realizada anualmente, e envolve 20 indicadores de estrutura e processo. Posteriormente, o SNVS analisa a conformidade aos indicadores de estrutura e processo (práticas de segurança do paciente) enviados pelos hospitais participantes. De acordo com a conformidade às práticas de segurança do paciente, os serviços de saúde são classificados em três grupos:conformidade alta (67% - 100%), conformidade média (34% - 66%), conformidade baixa (0% -33%).

 

O Hospital Mestre Vitalino recebeu o certificado de reconhecimento da Coordenação Técnica Estadual de Segurança do Paciente da Agência Pernambucana de Vigilância Sanitária (APEVISA) pelo resultado alcançado em 2018.

 

 

 

 

 

 

Unidade realizou cerca de 35.000 atendimentos ambulatoriais

 

Apesar das dificuldades de 2018, o Hospital Mestre Vitalino (HMV) comemora o balanço de fim de ano com números bem significativos para Caruaru e região. Em 2018 o ambulatório somou 34.358 atendimentos, destes 15.280 médicos, e 19.078 não médicos. Os números de atendimentos de urgência e emergência dão ideia da importância deste equipamento para a região, ao todo foram registrados 36.817, sendo 13.879 médicos e 22.938 não médicos.

Ao longo de 2018, 2.859 pessoas estiveram internadas na Clínica Médica, 2.419 na Clínica Cirúrgica, 1.295 na Pediatria, 1.201 na Cardiologia, 1.697 na Neurologia, totalizando 9.471 pacientes internos de janeiro a novembro. Os números de cirurgias neste mesmo período somam 4.727, destes 2.087 de urgência e 2.640 eletivas (programadas). Além disso, 164 pacientes foram beneficiados com cirurgias cardíacas que tendem a melhorar a qualidade e expectativa de vida, e 109 crianças passaram por procedimentos cirúrgicos.

“Para nós este foi um ano muito difícil, mas temos uma grande equipe que se empenha e que vai fazendo este grande equipamento funcionar da melhor forma. Só temos o que agradecer, e dizer que se Deus nos permitir 2019 será ainda melhor. Vencemos 2018 e venceremos todos os anos que estão por vir ofertando uma assistência de qualidade para a população desta região”, pontuou o Dr. Marcelo Cavalcanti, diretor geral do HMV.

Para que todos esses atendimentos tenham diagnósticos precisos, a unidade realizou 413.281 exames, distribuídos entre laboratoriais, ultrassonografias (USG), raios X e tomografias. Neste ano, 2.470 sessões de hemodiálise foram realizadas no HMV, melhorando as condições dos pacientes renais que chegam à unidade. Para acompanhamento das crianças com microcefalia foram realizados 686 atendimentos de neuropediatria, 305 de gastropediatria e 16 novos casos foram diagnosticados.

Desde agosto de 2018, antes mesmo da inauguração da Unidade de Oncologia, o HMV já começou a ofertar o serviço de ambulatório e quimioterapia, até novembro foram registrados 314 atendimentos e 78 quimioterapias, número que tende a crescer agora com a inauguração da unidade que foi realizada no dia 15 de dezembro. Os serviços da hemodinâmica também não param, a central celebrou os dois anos de funcionamento no último dia 13 de dezembro, com 1.060 atendimentos somente neste ano. A expectativa é que em 2019 o HMV possa ofertar ainda mais serviços, prezando sempre pela assistência humanizada. 

Localização

© 2017-2019 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados