O HMV comemorou, nesta última terça-feira (14), os dois anos de inauguração da unidade com mais de 30 mil atendimentos.  Atualmente, a unidade opera com 186 leitos, sendo 40 de UTI adulto, 10 de UTI pediátrica, 25 de neurologia, 19 de oncologia, 22 de pediatria, 31 de clínica médica e 39 de urgência e emergência.  Só nos ambulatórios, deram entrada 9.414 pessoas. Já nas emergências adulto e pediátrica somam-se 4.425 pacientes.

No fim do ano passado, foi aberto o Centro Cirúrgico que já beneficiou gratuitamente 419 pessoas. O Centro é destinado para cirurgias eletivas que são aquelas em que se consegue escolher a melhor data para se realizar o procedimento cirúrgico. O espaço funciona com três salas que foram equipadas com recursos de infraestrutura e tecnologia médico hospitalar de última geração contemplando monitores de alta definição, focos cirúrgicos à LED, controle de temperatura e umidade através de sistema de ar condicionado com fluxo laminar e pressão positiva, além de sets de videolaparoscopia de alta definição e intensificador de imagem de 12 polegadas.

Programação Festiva – Para lembrar a data, o HMV preparou uma programação especial em clima junino. O refeitório e as principais entradas foram ornamentadas com bandeiras e balões. O bolo não podia ser diferente, foi totalmente regional, com os ingredientes de guloseimas do Nordeste. Também não faltou música e quadrilha. O evento foi realizado numa área ao ar livre do hospital a fim de não interromper o fluxo do atendimento cotidiano. Mais de duzentos colaboradores participaram das comemorações.

O HMV foi inaugurado em 14 de junho de 2014 e é destinado à população da 4ª e 5ª Região de Saúde, que compreendem 53 municípios. É a maior e mais moderna unidade pública do interior de Pernambuco, com mais de 47 mil metros quadrados. O investimento para construção foi de 102 milhões de reais, com verbas do governo Federal e Estadual. Atualmente, a unidade é administrada pela Organização Social em Saúde do Tricentenário.

O HMV comemorou, nesta última terça-feira (14), os dois anos de inauguração da unidade com mais de 30 mil atendimentos.  O clima junino tomou conta do hospital e, para lembrar a data, a Direção juntamente com a Comissão de Humanização preparou um arraial junino para mais de duzentos colaboradores.

O refeitório e as principais entradas foram ornamentadas com bandeiras e balões. Uma mesa farta com muitas guloseimas foi oferecida aos colaboradores e não faltou música e quadrilha. O evento foi realizado numa área livre do hospital a fim de não interromper o fluxo do atendimento cotidiano.

O Hospital Mestre Vitalino foi inaugurado em 14 de junho de 2014 e é destinado à população da 4ª e 5ª Região de Saúde, que compreendem 53 municípios. É a maior e mais moderna unidade pública do interior do Estado, com mais de 47 mil metros quadrados. O investimento para construção foi de 102 milhões de reais, com verbas do governo Federal e Estadual. Atualmente, o HMV é administrado pela Organização Social em Saúde do Tricentenário.

A direção do Hospital Mestre Vitalino (HMV) deu posse, nesta última quinta-feira (02), à nova Comissão Interna de Prevenção de Acidentes (CIPA). O objetivo é que ela atue na prevenção de eventuais acidentes que podem ocorrer na unidade com seus colaboradores, pacientes ou acompanhantes. A Comissão é composta por 22 funcionários, sendo que 11 foram eleitos pelo quadro total de colaboradores do HMV. Os demais foram indicados pela direção do HMV.

A Comissão passou por um treinamento de duas semanas, compreendendo 20h de atividades teóricas e práticas que abordaram o tema segurança. Os integrantes tiveram treinamento como brigada de incêndio, aulas de primeiros socorros e segurança do trabalho.

Para a Presidente da Comissão Interna de Prevenção de Acidentes, Renilde Melo, essa comissão visa observar e relatar de forma mais qualificada as condições de risco nos ambientes de trabalho a fim de reduzir ou até eliminar riscos existentes.

 

O Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru, iniciou, nesta última segunda-feira (06), a oferta de serviços de odontologia aos pacientes internados nas UTIs (Unidades de Terapia Intensiva). Atualmente, a unidade dispõe de 40 leitos de UTI adulto e dez pediátricos.

O atendimento inédito, no interior do Estado, tem como foco principal a oferta de diagnóstico e tratamento para o controle de infecção de origem estomatológica juntamente aos cuidados paliativos.

De acordo com o diretor geral do HMV, Marcelo Cavalcanti, os pacientes internados em UTIs devem receber cuidados especiais e constantes, não só para tratar o problema que o levou à internação, mas também para cuidar dos demais órgãos e sistemas que podem sofrer alguma deterioração prejudicial para a sua recuperação.

Cavalcanti acrescenta  ainda que o atendimento odontológico do paciente também contribui na prevenção de infecções hospitalares “ As infecções respiratórias são as mais frequentes, entre elas a pneumonia nosocomial ou hospitalar.”, explicou.

 

Na tarde desta quarta-feira (11), pacientes do Hospital Mestre Vitalino receberam a visita da imagem peregrina de Nossa Senhora Aparecida. A Direção da unidade recepcionou os fiéis e percorreu com a imagem pelas principais alas das enfermarias do setor adulto, pediátrico e oncológico, além das UTIs (Unidades de Terapia Intensiva) e recepção.

Hinos marianos foram entoados e muita emoção tomou conta de quem acompanhou toda a movimentação. Segundo o Diretor Geral do HMV, Marcelo Cavalcanti, a organização do evento ficou na responsabilidade da Comissão de Humanização. “Nossa meta é tornar cada dia mais o nosso serviço médico-hospitalar acolhedor, humano e justo. Por isso, criamos uma comissão permanente que fica responsável por desenvolver esse tipo de atividade”, destacou Cavalcanti.

 

Localização

© 2017-2020 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados