Durante esta semana, Dr. Carlos Duarte, coordenador da Cardiologia do Hospital Mestre Vitalino; e Renilde Melo, coordenadora de enfermagem; estiveram presentes no 2º módulo do Curso de Desenvolvimento Gerencial Integrado da Linha de Atenção às Urgências no Ambiente Intra-hospitalar, realizado pelo Hospital do Coração (HCor) de São Paulo em parceria com o PROADI-SUS do Ministério da Saúde.

O projeto pretende qualificar os gestores para melhorar a atuação no planejamento e programação das ações. A estratégia é capacitar a gestão para repensar o planejamento da urgência e o plano gerencial do serviço. Por meio desse planejamento das ações, será possível qualificar a assistência prestada aos pacientes agudos, melhorando o tempo de atendimento e a resposta da equipe.

Na terça (11), os representantes do HMV apresentaram aos demais participantes o planejamento do Hospital com a rede regionalizada. O curso será realizado até o mês de julho, no auditório do Instituto de Desenvolvimento Educacional (IDE), localizado no bairro do Pina. Ao todo são 11 módulos, com intervalo de 3 semanas, em encontros mensais, com o intuito de repensar o planejamento dos serviços de urgências das unidades de saúde do Estado.

 

Na última quarta-feira (04), o Hospital Mestre Vitalino realizou um mutirão de atendimento especializado para crianças diagnosticadas com microcefalia. Na oportunidade foram atendidas 85 crianças das gerências regionais de saúde Pernambuco. Destes atendimentos, 83 passaram por avaliação de ortopedistas e 66 por gastroenterologistas pediátricos. Além disso, 60 crianças foram atendidas pela nutricionista.

Para Renilde Melo, coordenadora de enfermagem do HMV, essas iniciativas facilitam o acompanhamento e desenvolvimento das crianças, uma vez que diminui a distância e tempo de espera. “O mutirão vem facilitar a vida dessas mães disponibilizando em um só lugar o atendimento de mais de uma especialidade. O nosso objetivo é realizar um acompanhamento pleno dessas crianças, para que elas cresçam com qualidade de vida”, explicou.

Na oportunidade, também foram realizados cinco exames de tomografia e 91 raios X. A ação foi uma parceria da ONG União de Mães de Anjos (UMA), Secretaria de Saúde do Estado e Hospital Mestre Vitalino, que é referência no atendimento de casos de microcefalia no Estado.

 

Mesmo em meio as dificuldades econômicas enfrentadas pelo país durante o ano de 2016, o Hospital Mestre Vitalino encerra o ano com resultado de balanço satisfatório para a população e administração da unidade. Ao longo do ano, o HMV inaugurou o Centro Cirúrgico, que já beneficiou quase 1.500 pessoas. Outro serviço diferencial ofertado na unidade em 2016 foi a odontologia para pacientes internados nas Unidades de Terapia Intensiva (UTIs).

Para diminuir as filas de espera para transplantes, o Hospital montou uma equipe de organização e procura de órgãos, que busca por potenciais doadores, objetivando um aumento do número de transplantes. Além disso, desde agosto cerca de 200 pacientes que fizeram transplante renal recebem atendimento ambulatorial no HMV.

Há um ano, com o momento delicado vivido por Pernambuco com o aumento expressivo de casos de microcefalia, O HMV virou referência no diagnóstico para os bebês com suspeita da doença. Neste período, 520 crianças foram atendidas e 64 delas foram casos confirmados.

Ao todo, de 20 de novembro de 2015 a 20 de novembro de 2016, foram realizados 34.779 atendimentos; 1.402 cirurgias, sendo 1185 de adultos e 217 pediátricas; além de 372.763 exames. Todos os pacientes que passaram pelo Hospital Mestre Vitalino neste período responderam  a um questionário espontâneo de avaliação de atendimento, onde 98% destes classificaram a satisfação como “Bom/Excelente” e apenas 2% como “Regular/Ruim”.

“Estamos muito felizes com os resultados deste ano, a avaliação do HMV é fruto de um trabalho realizado em equipe, por profissionais dedicados e empenhados. Agradecemos o compromisso do Governo do Estado com os repasses, que possibilitam que o hospital cumpra seus atendimentos e preste um serviço de altíssima qualidade para a população”, contou o diretor geral do Hospital Mestre Vitalino, Dr. Marcelo Cavalcanti.

Para fechar o ano com chave de ouro, este mês Caruaru ganhou ainda um Centro de Cardiologia com serviços de hemodinâmica de forma regulada. Agora o paciente não precisará mais se deslocar até a capital para realizar os procedimentos, isso diminui o risco de morte e melhora as condições de vida. Lembrando que todos os atendimentos são regulados pela Secretaria de Saúde de Pernambuco, que faz os encaminhamentos para o Hospital. O HMV fica localizado na avenida Amazonas, 175, bairro Universitário, às margens da BR-104.

 

Na próxima quarta (04), uma parceria entre a Asces-Unita e Hospital Mestre Vitalino promoverá um mutirão de atendimentos para crianças já diagnosticadas com microcefalia. Cerca de 70 crianças, reguladas pela Gerência Regional de Saúde, receberão atendimento de ortopedia e gastropediatria.
 
O objetivo é dar seguimento aos atendimentos especializados necessários para o bom desenvolvimento das crianças. A equipe será composta por médicos, enfermeiros, assistentes sociais, entre outros profissionais. Os atendimentos terão início às 08h, na sede do HMV, localizado na avenida Amazonas, 175, bairro Universitário, às margens da BR-104.

Para possibilitar uma boa vivência do Natal, a equipe de humanização do Hospital Mestre Vitalino tem fechado parcerias e planejado iniciativas que demonstrem o clima de encanto típico deste período para os pacientes e acompanhantes. Durante essa semana, as equipes de serviço social, fonoaudiologia e psicologia realizaram a entrega de cartões natalinos e chocolate aos pacientes internados na unidade.

Já na terça-feira durante a noite, todos os acompanhantes puderam assistir a um belíssimo espetáculo musical do Coral da Igreja Presbiteriana, que por meio da música conseguiu emocionar e trazer a esperança do Natal. No domingo (25), será a vez das crianças da emergência, UTI pediátrica e clínica pediátrica que receberão presentes durante a visita do papai noel e da mamãe noel, do grupo Pintando o Sete.

A realização das ações objetiva transformar o ambiente do hospital em um espaço acolhedor, de fraternidade e cuidado, minimizando para os pacientes a ausência da família e da animação que toma conta das casas neste tempo de Natal. 

 

Localização

© 2017-2019 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados