Para atender a determinação do Ministério da Saúde e da ANVISA, que preconizam a implantação de um Núcleo de Segurança do Paciente (NSP) nas unidades de Saúde, aconteceu ontem (07) no Hospital Mestre Vitalino (HMV) um encontro entre as unidades que compõem a Organização Social do Tricentenário (HTri) para troca de informações sobre a implantação.

 

Atualmente o HMV conta com o Núcleo formado e totalmente em funcionamento. O encontro teve o intuito de compartilhar e alinhar as ações e condutas que estão sendo realizadas nas unidades. Durante a manhã foi realizada uma palestra sobre as Metas Internacionais de Segurança do Paciente, que visam diminuir e evitar os acidentes e garantir uma melhor assistência.

 

A tarde foi realizada uma oficina para cadastramento das unidades no Sistema de Notificações em Vigilância Sanitária – NOITVISA, que é utilizado para o registro de incidentes, eventos adversos (EA) e queixas técnicas (QT) relacionadas ao uso  de produtos e de serviços sob vigilância sanitária, como por exemplo: evento adverso durante procedimento cirúrgico; queda do paciente; úlcera por pressão (feridas na pele provocadas pelo tempo prolongado sentado ou deitado); troca de medicamentos no momento da administração; entre outros.

“Desde dezembro de 2015 que o HMV passou a contar com o NSP, quetem como trabalho implementar ações voltadas à segurança do paciente. Durante esse período estamos trabalhando na formação e conscientizando das equipes com diversas atividades voltadas para as Metas de Segurança do Paciente, através de gincanas, atividades lúdicas, entre outras ações. Esse momento foi uma oportunidade de promover essa troca de experiências entre os hospitais e UPA’s integrados ao Htri”, explicou Renilde Melo, coordenadora de Enfermagem do HMV.

 

Ao todo oito unidades participaram do encontro que foi realizado no auditório do HMV, localizado na avenida Amazonas, Rod. BR-104, 175, bairro Luiz Gonzaga.

 

Localização

© 2017-2018 Hospital Mestre Vitalino. Todos os direitos reservados